terça-feira, 23 de setembro de 2008

Em mim





Há em mim vontades tímidas,
Um Sol de Inverno
Uma paleta de cores ténues

Há em mim sonhos por desbravar
Sequelas de mágoas
Receios hegemónicos

Há em mim lutas ferozes
Amores por dar
Emoções sentidas

Há em mim solidão
Gente que não fala
Sentimentos estranhos

Há em mim pedaços do que sou
Confabulações intrincadas
Desassossegos meus

8 comentários:

Maganita disse...

Deixo-te um abraço em tons de azul com a esperança que a pouco e pouco a tua paleta de cores readquira a luminosidade que te caracteriza e te afaste da solidão dos sentimentos estranhos.

Um grande beijinho

inca disse...

beijinho grande e um xi-coração, para te ajudar a sossegar a tua alma.

Susana Pina disse...

Amiguita, queria tanto poder aliviar o teu coração e essa dor que teima em te consumir.
Resta-me dizer-te que estarei aqui para te dar um grande abraço que embora virtual é muito sentido, e que estarei aqui para te reconfortar sempre que precisares.
Um bj grande, grande, grande
Susana

Mary disse...

O sentimento e as emoções são tristes, é pena que assim seja, mas está muito bem escrito e bem definido...
BJs

stardust disse...

Um beijinho grande...

soniaq disse...

Tudo isso és tu, um lado teu muito sofrido. Também és alegria e o teu lindo sorriso que conheci na marcha pela fertilidade. Um grande abraço e beijinhos, muitos.

Anna72 disse...

Conseguiste transmitir de forma muito clara o que vai no teu coração :(

Um abraço apertado.

TC disse...

És humana!
Numa fase de dor, de desorientação e mágoa.
Não sei a receita para aliviar, mas deixo-te com um beijo e outro abraço, muito-muito apertadinho!