quinta-feira, 20 de março de 2008

Porque gosto quando ela se aproxima


É Primavera agora, meu Amor!
O campo despe a veste de estamenha;
Não há árvore nenhuma que não tenha
O coração aberto, todo em flor!

Ah! Deixa-te vogar, calmo, ao sabor
Da vida... não há bem que nos não venha
Dum mal que o nosso orgulho em vão desdenha!
Não há bem que não possa ser melhor!

Também despi meu triste burel pardo,
E agora cheiro a rosmaninho e a nardo
E ando agora tonta, à tua espera...

Pus rosas cor-de-rosa em meus cabelos...
Parecem um rosal! Vem desprendê-los!
Meu Amor, meu Amor, é Primavera!...

Florbela Espanca

5 comentários:

Bem Me Queres disse...

Estavamos à tua espera. Bem vinda Primavera!
Beijinhos doces e uma óptima Páscoa

pat07 disse...

Olá minha amiga
Obrigada pelo apoio ;) Lamento que a tua vez ainda não tenha chegado :( confesso que gostava mais das antigas cores do blogue, secahar é a força do habito... Um beijinho grande e continua com as tua escrita que nos faz sempre bem

Golfinho Filipa disse...

ADORO Florbela Espanca! E adoro a Primavera!!!

Um beijinho grande e florido!

Susana Pina disse...

É a estação do Ano que mais gosto.
É pena que tenha chegado tão friaaaaaaaaa!!!!!
Um bj grande
susana

Sofia Monteiro tatesfish@gmail.com disse...

Lindo!
:)