terça-feira, 10 de outubro de 2006

Se há função que gosto nos computadores é a função "undo". Que bem que sabe poder rapidamente corrigir algo em que me enganei. Quantas vezes já fui eu completamente salva por essa tecla? Pequenas e grandes distracções rapidamente rectificadas unicamente sob a pequena pressão de um botão seguida de uma sensação de alívio imediato.

O quão bom seria se esta função fosse transponível para a nossa vivência?! As pequenas contrariedades que poderiam ser evitadas se uma acção pudesse ser anulada apenas pela força de um click! Era cómodo, tentador, muito tentador!

No entanto, pouco facilitador ao desenvolvimento pessoal.

O "undo" não existe na vida real. Nesta, todas as acções têm uma consequência e é o peso dessa consequência que nos ajuda a aprender, a evoluir, a crescer...

7 comentários:

IC disse...

pois não essa função não existe na vida real, mas por vezes dava jeito..por exemplo para o cabelo lol!

ALEXIA disse...

se na vida houvesse o undo era tão bom......quem é que não pensa nisto logo que lê este teu post claro.

espero que este cantinho nunca faça undo.

beijos grandes

Anónimo disse...

Num programa que utilizo diariamente existe uma função semelhante ao undo que se chama "History" e dá para apagar passos para trás umas 50 vezes. Mas que piada tem isso na vida? É claro que todos temos nem que seja uma vez a necessidade ou pelo menos o desejo de voltar atrás no tempo para corrigir uma situação ou para voltar a ter connosco algo ou alguém que nos era querido....mas a vida é mesmo isto por isso é melhor pensar bem no que fazemos e depois ir em frente porque "...para a frente é que é caminho"
Pessoalmente preferia ter uma tecla que me levasse para o futuro....entretanto vou curtindo o presente, que mesmo com coisas menos boas é para ser apreciado ao lado daqueles que gostamos e com as coisas que temos!
bjs
RR

cris disse...

Continuo a vir aqui. Delicio-me com os teus textos.
Beijocas

Alexandra disse...

Eu cá tb gosto daquela função de "correcção automática" e é pena q na vida real tb não haja uma função de correcção automática dos nossos erros eheheh!
Beijocas
Alexandra

Elsa disse...

Tem graça que ainda ontem eu e a minha colega falávamos se essa função existisse na nossa vida...mas como ela não existe temos que viver com os nossos erros!

Jinhos grandes,
Elsa

Crystal disse...

Uma análise fascinante...Gostei de ler e fiquei a pensar...

Um beijo