quinta-feira, 10 de agosto de 2006

outra vez

- "Outra vez o terror!"
Foi esta a frase que proferi quando logo pela amanhã me ligo à net e me defronto com a notícia de um plano terrorista para fazer explodir bombas a bordo de aviões. Estamos na era do medo na sua expressão mais enfatizada, o pavor. De que nos servem as técnicas de relaxamento, os iogas, os ansiolíticos, as psicoterapias se, num ápice, os seus efeitos benéficos são contrariados por um grupo de pessoas que investem apenas na criação do terror.

O pior mesmo é que este medo não é meramente fruto de uma ameaça mas da concretização de actos atrozes.
Que pena o mundo ter de ser assim! Que pena haver aromas a fumo, explosivos, dor e sofrimento quando podia haver aroma a flores, frutos, tolerância e amizade!

5 comentários:

cris disse...

O cheiro do medo e da intolerância fede. Temos todos de aprender de novo a saber cheirar as flores e apreciar os seus aromas.
Cada vez mais gosto de vir aqui, a este teu mundo encantado, que cheira tão bem. Parabéns tens um blog fantástico, dos melhores que tenho visto.
Beijocas

IC disse...

o terror e o medo, são as armas que os pequenos "Davids" encontraram para combater os gigantes "Golias", para variar quem mais perde é quem vive ao redor deles.
um beijinho e boas férias.

Tiquinha disse...

infelizmente é o mundo que temos, onde reina acima de tudo a intolerância, a inveja, o desrespeito pelo próximo e o ódio... se cada um de nós tiver tempo para cultivar o oposto, quem sabe se não deixaremos um mundo um bocadinho melhor??
beijocas
tica

Anna72 disse...

Tens toda a razão! Parece que voltámos à época das cruzadas! Afinal, tanta evolução e continuamos na idade média :(

Beijinhos

oscar disse...

bon dia
eu soy de colombia y nao se escreber u portugues poero falo un poquiño..
goste y me impacto a sua concepsao das cosas con a sinestesia dus aromas.. e muito impresionante brigado por suas palabra y fotografias , parabens...