terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Não gosto de despedidas mas ...

este blogue termina aqui. Não me faz sentido continuar a escrever neste espaço e gosto demasiado dele para que se torne como qualquer espécie de fardo. Guardo nele pensamentos e vivências demasiado íntimas e cúmplices de momentos de vida mais e menos felizes.

Não o vou encher com mais letras mas não o irei apagar. Permitirei que o seu lugar permaneça marcado na blogosfera e quiça um dia o meu mundo vire ao contrário e me apeteça retomá-lo. O meu aromadeamora é quase um conceito, um heterónimo, um jogo de palavras doces que adorei conceber e desenvolver. Não sei se serei tal e qual a imagem que aqui deixei mas serei concerteza um resquício do que aqui me expus.

Irei ocultar muitos dos posts que fizeram parte deste blogue, ficando somente visíveis uma espécie de selecção, sem qualquer intuito de vaidade mas somente como uma forma de resposta protectora de sentimentos que, para mim, já tiveram o seu tempo de exposição global.

Espero sinceramente conseguir voar para outras escritas porque preciso mesmo de voar.

Por tudo o que aqui me foi deixado, os meus agradecimentos. Ocultaria uma verdade se não dissesse que o acto de escrever é tanto melhor quanto a plateia imaginária se torna efectivamente real.

Vemo-nos noutras letras.

aromadeamora33@gmail.com

6 comentários:

Anna72 disse...

Já esperava que isto viesse a acontecer. Tudo tem o seu tempo. No entanto, é com muita pena que vejo este espaço de escrita interessante e inteligente chegar ao fim.

Até sempre!

Anónimo disse...

Tal como a Anna72, eu também já contava com isso...
Vou sentir saudades tuas (muitas...muitas) mas compreendo (oh se compreendo) que tudo tem um certo tempo.
Obrigada pela partilha, pelas palavras amigas, pela escrita com que tantas vezes me identifiquei.
Vou conservar o email e a esperança que continues por aqui, algures pela blogosfera.

Um grande abraço. Até um dia destes...

Anna Blue

soniaq disse...

Nop, não senhor, a senhorita ñ deve acabar com tão bom blogue, vá de férias arejar e depois volte, cá estarei intermitantemente mas estarei.
(Como é que vou saber de ti assim...)
Beijinhos
Sónia

Dinastia FilipiNHa disse...

:-(

Um beijinho grande

tavaresjorgeluiz.blogspot.com disse...

Seu nome esta perpetuado na atmosfera dos blogs...Todos nós sabemos que escrever dói;Cure suas feridas e retorne para sempre,ficaremos aqui a lhe esperar, atentos para sua volta triunfal.Beijo de fã:-BYJOTAN.

Laura Filipa disse...

Quem me dera que voltasse... sentimos falta! Palavras bonitas precisa-se....
Bjinhos!