terça-feira, 13 de maio de 2008



Gostava tanto de ter asas e voar!

Não para fugir, mas para sentir que não estava presa ao meu eu obstinado e poder migrar para o meu eu conciliador.

11 comentários:

Bem Me Queres disse...

Minha querida, alia-te à imaginação e conseguirás chegar ao teu eu conciliador. Afasta o que te incomoda e vivencia com toda a intensidade o que te faz feliz.
Beijinhos nossos com mta energia positiva para esses dias menos aromáticos

Ceres disse...

O que vale é que muita coisa nesta vida nos dá asas... se não, não sei!

Golfinho Filipa disse...

Podes não ter asas mas mesmo assim podes voar! Fecha os olhos e... voa!

Beijinhos

stardust disse...

Fechas os olhos... Podes deixar de ter os pés no chão por momentos... E é tão bom!

Beijocas

Susana Pina disse...

Como eu te compreendo...eu própria me sinto presa, tão presa que tento voar mas não consigo.
Amiguinha que o teu aroma se intensifique para te dar ânimo
Muitos, muitos bjs
Susana

Mary disse...

Tenho a certeza que encontrarás as tuas asas!
BJs

Micas disse...

Acho que todos temos esses momentos...em que tudo poderia ser muito mais fácil se alguns desejos se pudessem concretizar.

Muitos beijinhos...e voa minha Amiga, voa! :-)
Inês

pat07 disse...

Só para deixar uma beijoca. Tinha saudades de vir ao teu cantinho

Anónimo disse...

Hoje, o meu boss perguntou-me onde ia passar férias e, de repente, imaginei-me num país distante: primeiro, no topo de uma montanha silenciosa; depois, no meio de uma agitação citadina; a seguir, imaginei-me sozinha, livre para escolher fazer o que me desse na real gana; logo depois, imaginei-me com ele (sim, o boss, não sei mas Freud deve explicar tb qualquer coisa em relação a isto!!!!) a decidir se era preferível aproveitar o tempo para ir visitar um museu ou simplesmente subir à torre de uma igreja para ver lá de cima a cidade minúscula a agitar-se ao sabor da brisa humana.

Enfim, tudo isto me passou à frente da vista num microsegundo. E no seguinte, lembrei-me deste teu post. Como é bom não ter asas mas conseguir pôr o espírito a voar... :)

Acho que, por momentos, voei do meu eu concentrado para o meu eu aluado! :)

Ceres

Maganita disse...

Fiz umas quantas dessas viagens nos últimos tempos, mas acho que por agora domina o eu conciliador aqui por estas bandas... e ainda bem por que os outros eu's estavam a dar-me cabo do juízo...

Beijinhos com aroma a fim de semana!

Isa disse...

ola

queria te convidar para vires ao meu blog e deixares lá o teu sapatinho!

http://florderiscas.blogspot.com/

isa

bjs