terça-feira, 30 de outubro de 2007

Ecos

Já perdi a conta às vezes que:

  • Os meus pensamentos caminharam na mesma direcção proibida,
  • Os meus sorrisos disfarçaram lágrimas e as minhas lágrimas foram preâmbulos de sorrisos,
  • Dei a mão à esperança para depois a perder e para depois a reencontrar,
  • Fui invadida por uma ansiedade paralisante, resistente a gestos e a palavras,
  • Me senti sufocar numa existência toldada,
  • Temi ouvir certas palavras e encarar determinado futuro,
  • Pensei em falar, para depois me esconder, para decidir omitir,
  • Tentei sair de mim e constatei que é impossível,
  • Renasci e que encontrei forças das quais desconheço a origem,
  • Me ouvi a mim própria em lamúrias, em vozes introspectivas, numa aflição desgovernada,
  • Decidi pela vida, pela felicidade e pelo meu bem-estar,
  • Perdi as referências para me reencontrar em pequenos significados,
  • Constatei que me encantam as pequenas boas surpresas,
  • As minhas palavras não chegam mas que me emociono com as palavras dos outros.

12 comentários:

IC disse...

gostei muito de ler.idendifiquei alguns ecos.beijinho grande

stardust disse...

Se eu tivesse a chave para as tuas dúvidas e incertezas... Podes ter a certeza que elas não existiriam.

Beijocas

Susana Pina disse...

Amiguinha sinto cada palavra que escreves, como eu te compreendo...
Um bj enormeeeeee
Susana

Maganita disse...

Tantas vezes temos de nos perder...para nos podermos reencontrar.
E muitas vezes, demasiadas vezes, temos de andar às voltas com a vida. Mas sabes uma coisa? No meio de tanta volta acabamos por encontrar um rumo...

Também as tuas palavras me tocam...

Um grande beijinho

Bem Me Queres disse...

Como é possível que não te emociones com as palavras que nos deixas? És uma pessoa com uma doçura especial que a vida não se cansa de atropelar. Acredito, no entanto, que um dia os ventos vão mudar.
Beijinhos doces, doces

Anna72 disse...

Emocionas-te com as palavras dos outros e emcionas os outros com as tuas palavras!

Revi-me no que escreveste.

Beijocas e concentra-te nestes ecos:

- "Renasci e que encontrei forças das quais desconheço a origem"

- "Decidi pela vida, pela felicidade e pelo meu bem-estar"

Maria disse...

também eu já me senti tantas vezes assim..
bjnho

CARLUXA disse...

Amiguinha só tenho uma palavra coragem.
Beijinhos

Gisela disse...

A vida é mesmo isso.

Beijinhos

Mary disse...

Acho que escolheste bem as palavras e elas chegaram para perceber o que já sentiste.
Bjs

A mamã do Biscoitinho disse...

Acompanho-te sempre...

Beijinho grande e muito apoio!

YAMI disse...

Linda

Tens um dom muito especial..
Um grande beijo linda
yami