segunda-feira, 30 de outubro de 2006

Desabafo de fim de dia

Preciso de forças mas estou fraca;
Preciso de acreditar mas estou incrédula;
Preciso de alegria mas estou triste;
Preciso de um caminho, estou no meio dele, mas não vejo o fim;
Sinto-me perdida, sem rumo, despojada de esperanças, apenas receosa, desanimada, sem poder lutar contra a arma invisível que me assombra, que me corrói, que apaga a minha chama.

Não choro, não grito, não me enfureço porque nada disso muda a realidade, apenas espero, abafo sentimentos, aguardo sem aguentar mais, desespero numa dor persistente.

4 comentários:

IC disse...

oh querida, não é justo, esta sombra é tão pesada que parece que esmaga a nossa alma. que caminho com tantas curvas que nos deixa exaustas. queria poder dar-te a minha mão e garantir que tudo vai correr bem, mas sei que não posso.
as minhas lágrimas secas tb são por ti, pode ser que elas apesar de secas nos ajudem. Amanhã é um outro dia e nós vamos conseguir lutar para alcançar o "nosso" rumo, que liberte a nossa alma deste peso esmagador. um grande beijo cibernético e um abraço bem apertadinho.

criolinha disse...

Amiga, vejo-te triste. Quero ajudar-te mas tb a mim me faltam as forças. Temos que nos agarrar à esperança de que amanhã será um dia melhor e que ainda temos muita felicidade pela frente... é só ter um pouco de paciencia.

Um beijinho grande.

ps. ainda bem que o IZ te animou... mm q seja por breves minutos. Podemos sempre pô-lo em loop ;)

ALEXIA disse...

Ora que desabafo tão profundo ... amiga isso tá mau. Vê se aproveitas o feriado para te animar a alma. Uma beijoca enorma daquelas de ponta a ponta para ver se ajuda o estado de espirito

Tiquinha disse...

deixas-me angustiada...será que é o que eu percebi? Espero que esteja tudo a correr dentro da normalidade, tem calma. se precisares de algo, diz-me!
beijocas
tica