quarta-feira, 30 de agosto de 2006

Não é fácil...

...o regresso ao trabalho depois de férias. Padeço daquilo que chamo "o síndroma do regresso forçado", estado em que a separação entre corpo e mente é mais visível que nunca. O meu corpo permanece no meu local de trabalho mas a minha mente passou a um estado borboleta, voa de flor em flor.

Já tentei todas as técnicas de concentração mas todas se revelaram infrutíferas, o que se comprova facilmente pelo aumento diário da pilha de papéis que tenho na minha secretária. Por esta altura já devia ter diminuido um bocadinho mas ao invés disso, só tem aumentado!

Felizmente que nesta história toda conto com a ajuda de dois preciosos aliados: o calor porque camufla a minha inércia e torna-a justificável e o mês de Agosto em que a maioria das pessoas ou está de férias ou está como eu.

Ao menos isso.

4 comentários:

carla disse...

Olá amiguinha,
Passei aqui só para te deixar um grande e fofinho beijinho.
Carla

cris disse...

Por sua vez eu ainda permaneço em férias, mas em casa, mas já sei de antemão que vou padecer do mesmo mal na próxima segunda feira.
Beijocas

Anónimo disse...

Pois é,mtos d nós sofremos desse mal...

Mas vais ver k (infelizmente...), com o tempo voltas num instante ao ritmo e pões o papel todo em ordem (nem k seja no lixo)!

Beijinhos grandes
vana

IC disse...

Os 1s dias são terríveis, eu andei completamente à toa, parecia que não tinha ideia nenhuma de como é que as coisas se fazia, lol, mas de depois lá fui conseguido voltar ao normal. beijinhos